O que é e-commerce e como ele pode ampliar os horizontes da sua empresa?

Entenda como funcionam as vendas pela internet e como essa opção pode ser lucrativa

Entenda como funcionam as vendas pela internet e como essa opção pode ser lucrativa

E-commerce é um termo em inglês que significa comércio eletrônico. Sua principal característica é que as vendas são realizadas pelas empresas por meio de plataformas próprias na internet.

Adotar esse modelo de trabalho é muito conveniente e lucrativo, pois negociações de compra e venda estão cada vez mais presentes no ambiente virtual.

As lojas virtuais são parte integrante do e-commerce, mas sua definição não se resume a elas: as vendas são viabilizadas mediante estratégias que envolvem divulgações em redes sociais, como o Facebook e Instagram.

Também são utilizados, com frequência, conteúdos otimizados para blogs, que tratam especificamente de temas referentes aos produtos oferecidos.

A empresa Net Embalagens, por exemplo, produz embalagens usadas para armazenar objetos no transporte ou em mudanças. Sua loja virtual conta com conteúdos voltados a esse assunto.

Marketplace: uma alternativa de fácil gerenciamento

O marketplace é uma possibilidade indicada para quem quer se beneficiar do e-commerce de maneira prática e sem grandes dificuldades.

Nele,não é necessário criar uma loja virtual: existem plataformas em que várias empresas oferecem seus produtos. Nesses “shoppings virtuais”, é comum a cobrança de uma porcentagem pelo suporte oferecido.

Em contrapartida, seu produto terá visibilidade, sem que seja necessário investir muito tempo e dinheiro em divulgação. Isso acontece especialmente quando se trabalha com sites que já conquistaram a credibilidade do público.

Nesse sentido, o marketplace é atraente não apenas pelo fácil gerenciamento, mas também pelo tráfego constante, que garante uma maior margem de lucro.

Porém, é importante ter em mente que não se deve depender exclusivamente desse tipo de e-commerce porque se o marketplace em que você está inserido tem suas atividades suspensas, você perde seu canal de vendas.

Você também deve se preocupar em ter uma alternativa caso não concorde com possíveis aumentos de taxas sobre as vendas de seus produtos.

Outra desvantagem em optar pelo marketplace é a perda da identidade de sua marca – quando os clientes se referirem aos produtos comprados em determinada loja.

Plataformas de marketplace que você pode utilizar no seu e-commerce

Veja, a seguir, três plataformas que podem ajudar a impulsionar o seu e-commerce por meio do marketplace:

  • OLX: fundada em 2006, a empresa ganhou reconhecimento em todo o mundo e já é consolidada no Brasil;
  • Mercado Livre: líder em seu segmento na América Latina. Contudo, recebe reclamações por não oferecer um bom suporte;
  • Bom Negócio: plataforma lançada em 2011, ainda está se consolidando no mercado brasileiro.

Net Embalagens: solução para o seu e-commerce

Se você possui um e-commerce, certamente precisará embalar seus produtos para transportá-los sem que haja danos. Para evitar prejuízos, a Net Embalagens comercializa caixas de papelão e envelopes plásticos de diferentes modelos e tamanhos, que atendem a diversas necessidades.

A Net Embalagens também trabalha com outros produtos, entre eles suprimentos para embalagens, como grampos; fitas adesivas variadas e embrulhos em geral.

Como a empresa aderiu ao e-commerce, para solicitar um produto, basta você efetuar sua compra pelo site e aguardar o prazo de entrega.

Não perca dinheiro!

Você já deve ter percebido que, atualmente, para uma empresa ser lembrada no dia a dia das pessoas, sua marca deve aparecer constantemente. Além disso, a maioria está optando pela praticidade que a compra on-line proporciona.

Sendo assim, se a sua empresa ainda não está na internet, você está perdendo tempo. Sem explorar todo o potencial do seu negócio, perde dinheiro.

Por isso, sugerimos que repense suas estratégias para se relacionar com o seu público. Seu cliente precisa ter acesso aos seus produtos ainda que não queira sair do conforto do lar, especialmente neste período de isolamento social.

Nesse momento, o e-commerce é uma saída para o seu negócio sobreviver à crise economia ocasionada pelo coronavírus.

Se você gostou deste artigo, interaja conosco: sugira temas que gostaria de ver nas próximas postagens!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *